Saiba quais são os 10 alimentos a evitar durante a gravidez 🧀🍤🥛🐟🤰💙

Saiba quais são os 10  alimentos a evitar durante a gravidez 🧀🍤🥛🐟🤰💙

Gravidez não é doença, mas é essencial evitar o consumo excessivo de alguns alimentos e mesmo limitar a ingestão de outros, por uma questão de segurança, quer para a mulher grávida quer para o bebé.

Relativamente, ao consumo de sal é imprescindível que seja utilizado em quantidades reduzidas na confeção e que se evite a adição no prato.

Em alternativa pode utilizar ervas aromáticas, como os orégãos, a salsa, o coentro, o cebolinho, o tomilho, o manjericão, na confeção de alimentos, de modo a conferir sabor, impedindo a adição de sal em excesso.

De salientar, a importância da leitura da lista de ingredientes e declaração nutricional dos produtos alimentares, comparando as quantidades de sal nos mesmos.

Deve limitar o consumo de:

  • Carnes e peixes salgados
  • Caldos de gordura industriais
  • Molhos e temperos pré-confecionados ou prontos a utilizar
  • Aperitivos salgados: batatas fritas, enlatados, produtos de charcutaria e salsicharia, frutos oleaginosos salgados

Quanto ao consumo de produtos fornecedores de cafeína ainda pouco se sabe sobre eventuais efeitos do seu consumo para o bebé. De ressalvar que não é apenas o café que contém cafeína, mas também chá, o cacau e os refrigerantes com cafeína.

Contudo, o café apresenta aproximadamente o dobro de quantidade de cafeína comparativamente aos restantes alimentos supracitados que curiosamente têm aproximadamente a mesma quantidade.

De acordo com recomendações internacionais, as mulheres grávidas podem fazer uma ingestão máxima de 200 mg/dia de cafeína.

Fontes de cafeína:

  • 1 Chávena de café instantâneo: 60 – 70 mg
  • 1 Chávena de café expresso: 100 – 150 mg
  • 1 Chávena de chá (folhas/saquetas): 20 – 60 mg
  • 330 mL de refrigerante tipo cola: 35 – 65 mg
  • 330 mL de bebida energética: 90 mg

Acrescenta-se ainda a necessidade de limitar a ingestão de:

  • Lacticínios não pasteurizados
  • Queijos mal curados
  • Queijo fresco e requeijão
  • Enchidos e fumados
  • Espadarte, tamboril ou tintureira
  • Carne e pescado mal cozinhados (peixe, moluscos e marisco)
  • Legumes e fruta mal lavados
  • Patês de qualquer tipo
  • Produtos alimentares com adição de adoçantes

Em suma, a alimentação durante a gestação deverá ser completa, equilibrada, variada e segura, segundo a Roda dos Alimentos.

Texto adaptado de: ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA GRAVIDEZ. Diana Teixeira, Diogo Pestana, Conceição Calhau, Lisa Vicente, Pedro Graça. Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável Direção-Geral da Saúde. ISBN 978-972-675-221-9. Lisboa, 2014

Fonte da imagem: Evicção alimentar


Achou interessante? Partilhe este artigo:


Ao continuar a visitar este website está a concordar com a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close