Alimentação Saudável 💙

Alimentação Saudável 💙
Por vezes, é necessário voltar aos conceitos básicos, porque ao contrário do que todos gostaríamos de pensar, é que “qualquer” pessoa considera perceber ou saber sobre nutrição/alimentação.
 
Quando para tal é necessária a formação devidamente certificada e estudo permanente após o término da licenciatura em Ciências da Nutrição, e sobretudo admitir que ainda há muito por saber, e do muito que já se sabe, pouco sabemos, falo portanto da necessidade de humildade e necessidade de reconhecimento dos profissionais de saúde indicados para o efeito, neste caso nutricionistas⚠️
 
Portanto, voltando ao assunto primordial:

Os benefícios de uma uma alimentação saudável já todos conhecem, não se prendem apenas com importante prevenção de doenças crónicas a surgir num futuro, por mais distante que o seja, apresenta também efeitos imediatos no quotidiano como o bem estar emocional, fornecimento de energia para execução de atividades físicas e intelectuais, constituindo também um momento de convívio.

Os alimentos são constituídos por diferentes nutrientes, nomeadamente:

  • Macronutrientes – necessários em grandes quantidades
  • Micronutrientes – necessários em pequenas quantidades

Macronutrientes

  • Hidratos de carbono:  função energética. Exemplos: pão, arroz, massas alimentícias e batata.
  • Proteínas:  função estrutural, bioquímica, transportadora e imunológica. Exemplos: carne, peixe e ovo.
  • Lípidos: armazenamento de energia e transporte de vitaminas lipossolúveis. Exemplos: manteiga, azeite, óleos e cremes vegetais.

Micronutrientes – regulação de todas as reações metabólicas

  • Vitaminas
  • Minerais
  • Fibras alimentares

Segundo a Nova Roda dos Alimentos Portuguesa deve reter alguns princípios de forma a ter uma alimentação equilibrada, completa e variada:

  • Não deve ultrapassar um período superior a três horas e meia sem fazer uma refeição, portanto deve fazer várias refeições com intervalos regulares ao longo do dia mas pouco abundantes;
  • O pequeno- almoço é a refeição mais importante do dia uma vez que permite quebrar o estado de jejum noturno através do fornecimento de energia para começar bem o dia. Pode incluir lacticínios, cereais integrais e fruta;
  • Quanto ao sal não deve ultrapassar 5g/dia, preferindo as ervas aromáticas e especiarias de forma  a mascarar a falta de sal na culinária;
  • Da mesma forma deve evitar o consumo de produtos pré confecionados e/ou muito salgados;
  • Limitar o consumo de açúcar a cerca de  Evite consumir produtos de
    confeitaria e pastelaria e outros produtos ricos em açúcar (gelados, rebuçados, sobremesas açucaradas, refrigerantes, gomas, bolachas);
  • Não adicionar açúcar ao leite, café ou chá;
  • Aumentar o consumo de legumes e hortaliças;
  • Incluir sopa de legumes e hortaliças no início das suas refeições principais e fazer destes alimentos um acompanhamento
    imprescindível do prato principal;
  • Ingerir 2 a 3 peças de fruta por dia, inteiras, em sumos ou saladas;
    estas podem fazer parte da refeição principal ou parte do lanche;
  • A quantidade de carne nas refeições principais deverá ser ingerida moderadamente, privilegiando as carnes magras, peixe ou ovos;
  • Utilizar como gordura de eleição o azeite em detrimento de outras gorduras quer para temperar quer para cozinhar;
  • Evitar a utilização de gorduras que foram sobreaquecidas ou de óleos queimados, uma vez que ocorre degradação da gordura, dando origem a reações que formam substâncias cancerígenas;
  • Optar por métodos de confeção saudáveis, desde cozidos a vapor, grelhados, assados e estufados sem refogado;
  • Evitar frituras e assados com gordura;
  • Evitar o consumo das partes carbonizadas dos alimentos grelhados;
  • Beber líquidos em abundância, desde água, infusões, chás e sumos de fruta, sem adição de açúcar;
  • A ingestão de bebidas alcoólicas deverá ser moderada e apenas por indivíduos saudáveis, recomendando-se quanto aos homens, não mais do que 2 copos por dia e, para as mulheres, 1 copo (200 ml/copo).

Fonte da Imagem: Roda dos Alimentos

Veja o SlideShow abaixo:


Achou interessante? Partilhe este artigo:


Ao continuar a visitar este website está a concordar com a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close