COMO SE DEVE ALIMENTAR QUANDO FAZ SUCESSIVAMENTE REFEIÇÕES FORA DE CASA 🍔🍵🍴🍨💙

COMO SE DEVE ALIMENTAR QUANDO FAZ SUCESSIVAMENTE REFEIÇÕES FORA DE CASA 🍔🍵🍴🍨💙

Esta questão não é de todo rara, se não mesmo cada vez mais frequente dado o estilo de vida atual, que consiste numa correria de um lado para o outro, muitas vezes sem tempo para fazer as refeições e terminado por comer na grande maioria dos casos em restaurantes, shoppings ou em cadeias de fast food.

Portanto, quando pretendem seguir um plano alimentar, a vulgar dieta, quer no sentido de melhorar algumas condições de saúde, quer no sentido de melhorar a composição corporal, reduzir a massa gorda e/ou aumentar a tão desejado de massa muscular, estar condicionado por questões laborais a refeições feitas constantemente fora de casa, torna-se um verdadeiro desafio!

Felizmente, vão sendo encontradas cada vez mais soluções, de forma a contornar os desafios com se depara no dia a dia.

Nesse sentido, explano alguns “truques” que pode colocar em prática, garantido o alcance dos objetivos pretendidos:

  • Geração das marmita

De facto, é cada vez mais comum levarem-se, não apenas os lanches da manhã e da tarde, mas também o almoço para o trabalho.

Felizmente, é cada vez mais comum existir um microondas no local de trabalho ou mesmo em algumas cadeias de fast food e também na maioria dos shoppings. Deste modo, deixam de haver desculpas para não se alimentar corretamente em todas as refeições do dia.

  • Entradas

Se possível, peça para tirar o pão, azeitonas, queijo, pacotinhos de manteiga e afins da mesa, para não cair em excessos por sentir já alguma fome, e peça uma sopa de legumes para iniciar a refeição e entreter-se enquanto espera pela prato principal.

  • Sopa

Sempre que possível complemente a refeição principal com uma sopa de legumes. Portanto, deve iniciar a refeição com uma sopa de legumes e/ou legumes no prato, de forma a ficar mais rapidamente saciado, evitando que ingira mais do que necessita.

Quando come em restaurantes, torna-se essencial ter em atenção o tipo de sopa, se for muito espessa ou na realidade não for uma sopa de legumes, mas antes uma canja ou um caldo, verde, procure evitar o seu consumo frequente durante a semana, e peça saladas e legumes cozinhados.

Se levar de casa, claro que não é prático cozinhar uma sopa todos os dias, nem tão pouco necessário. No início da semana, pode perfeitamente fazer uma grande quantidade, e até mesmo várias sopas, congelar em porções, e ir descongelando à medida que necessita.

  • Prato

Quanto ao prato principal, procure evitar as batatas fritas, os rissóis, os bolinhos de bacalhau, os panados e os pratos compostos com molhos com elevados teores em gordura, como são o caso de bacalhau a Brás, strogonoff com natas, bacalhau com natas, lasanha e massas recheadas. Não peça batatas fritas, molhos e modere igualmente as quantidades.

Procure, igualmente inserir legumes acompanhar o prato principal, tendo em atenção o tempero, e consequentemente quantidades excessivas de azeite e sal. Assim, recomenda-se que peça para ser você mesmo a temperar, de forma a controlar a quantidade de sal e azeite utilizados.

Quando pretende levar de casa, é suficiente no dia anterior, cozinhar ao jantar em maiores quantidades, de forma a ter “sobras” que constituam o seu almoço no dia seguinte.

Recomenda-se igualmente, a congelar sobras de almoços e jantares de forma a ter sempre um back up de segurança para as refeições do dia a dia.

  • Bebida

Como bebida peça água, evitando sumos de fruta e refrigerantes, bem como águas com sabores, ou mesmo bebidas alcoólicas, como cerveja ou um copo de vinho.

Mas se por ventura, de vez em quando lhe apetecer um sumo de fruta natural, poderá ingeri-lo, e nesses dias não come fruta de sobremesa de forma a compensar. Contudo, ressalva-se uma vez mais a importância de ingerir fruta em natureza, e de todo que um sumo de fruta em termos nutricionais não substitui uma peça de fruta. Muito pelo contrário, dependendo do número de peças de fruta utilizadas, poderá corresponder em teores de açúcar e energia a 2 ou 3 peças de fruta.

  • Saladas

Se pelo contrário, preferir levar de casa e não tem sobras para o dia seguinte, pode rapidamente preparar uma salada de alface, tomate, pepino, tomate e outros vegetais acompanhados com atum/ovo/queijo fresco/bife de peru ou frango/salmão fumado e croutons/milho/massa/couscous/quinoa.

  • Sandes

Outra alternativa a considerar. e que também pode trazer de casa, uma sande com atum/ovo/queijo fresco/bife de peru ou frango/salmão fumado.

Não receie a ingestão de pão, já sabe que o pão não o faz engordar, engorda sim, se para além do prato principal que já contém alimentos fornecedores de hidratos de carbono e nas quantidades adequadas, ainda lhe adicionar o pãozinho, ou as tostinhas ou o pedacinho de broa

Contudo, não terá qualquer problema se dosear a quantidade de arroz e pão, de forma a não ultrapassar a quantidade de hidratos de carbono a que tem direito naquela refeição

Salienta-se ainda, que não constitui nenhum drama em misturar diferentes fontes de hidratos de carbono. Apenas deve ter em atenção o modo de confeção e as quantidades que vai ingerir.

  • Fruta

Quanto à sobremesa leve de casa uma peça de fruta, não ceda à tentação de pedir constantemente a deliciosa sobremesa da casa ou salada de fruta (carregada de açúcar) ou de cair no erro uma hora após o almoço tomar o seu café com o pastel de nata ou o quadradinho de chocolate preto.

  • Centros comerciais

Quando come em centros comerciais, existem já alguns restaurantes com opções mais equilibradas, como é o caso do SLOW, H3, Vitaminas e os restaurantes com pratos mais tradicionais, evitando de uma forma geral as típicas baguetes gigantescas cheias de maionese acompanhadas com batatas fritas e as cadeias de fast food, como são exemplo os hambúrgueres e pizzas.

Coloque estas medidas em prática, inicialmente serão ações pensadas, que exigem alguma disciplina, levando-o a ganhar consciência das mesmas, Mas depressa se tornarão num hábito que dificilmente perderá!

Fonte da imagem: Algures num aeroporto


Achou interessante? Partilhe este artigo:


Ao continuar a visitar este website está a concordar com a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close