9 ERROS MAIS COMUNS QUANDO DESEJA EMAGRECER 🏋️‍♀️🥗📝💙

9 ERROS MAIS COMUNS QUANDO DESEJA EMAGRECER 🏋️‍♀️🥗📝💙

EXPECTATIVAS IRREALISTAS

A melhor sugestão que pode ser dada aquando do inicio de um processo de emagrecimento é “aprenda a gerir as suas expectativas”.

Por outras palavras, não deseje resultados para ontem, limite-se a seguir o plano alimentar e de exercício físico proposto, acredite que já vai exigir muito de si.

E com o tempo, verá o volume a reduzir e irá conseguir vestir a roupa guardada bem no fundo do armário!

Por isso, não estabeleça que em 2 meses quer perder os 10 kg que engordou nos últimos 2 anos, não será possível, pelo menos de uma forma saudável e com conservação da massa magra.

O mesmo não quer dizer que não estabeleça objetivos! É crucial que os estabeleça, mas junto dos profissionais de saúde que procurou para o auxiliar nesta nova jornada. Assim, os objetivos atingir serão estimulantes e alcançáveis!

Porque se estabelecer objetivos demasiado elevados, que não consiga atingir, o desânimo e a desilusão serão muito maiores, podendo em última instância promover o abandono do plano alimentar!

Por último, mas não menos importante, não compare os seus resultados com os de outros indivíduos. Existem variações interindividuais de resposta ao plano alimentar e ao exercício, não somos de todo “todos iguais”.

IGNORAR QUE EXISTE UM PERÍODO DE ADAPTAÇÃO

Qualquer mudança pode levar algum tempo de adaptação hormonal.

E infelizmente, o que resultou nas 10 tentativas anteriores de perda de peso, pode não resultar agora, e poderá ser necessária uma abordagem totalmente diferente, de forma a responder positivamente às alterações que se procuram implementar!

PETISCOS AQUI E ACOLÁ

Quando sente fome, ou melhor dizendo apetite, lá vão umas bolachas ou um punhado de frutos gordos ou 2 a 3 quadrados de chocolate preto.

Pois, numa mão de frutos gordos consegue facilmente ingerir cerca de 500 kcal, em 2 a 3 quadrados de chocolate 80 a 100 kcal e em 3 bolachinhas digestivas ou de aveia cerca de 250 kcal. Energia esta totalmente desnecessária, e que o sacia por muito pouco tempo!

Portanto, estes momentos poderão ser facilmente controlodados através de uma adequada ingestão líquidos, e ressalva-se uma vez mais a necessidade de fazer refeições a cada 3 horas de forma a reduzir/controlar o apetite.

AO FIM DE SEMANA NÃO HÁ DIETAS

Um fim de semana repleto de “asneirinhas”, um croissant, uma francesinha, uma cerveja, um gelado e um folhadinho, é o suficiente para recuperar o peso perdido durante a semana.

Lembre-se que em média, para conseguir reduzir 500 g por semana é necessário um dispêndio energético de 3500 kcal.

Logo, se vai chegar ao fim de semana e entrar modo off de “dieta”, garantido será a total recuperação do peso perdido nessa semana, sendo totalmente em vão o esforço que fez em cumprir o plano alimentar durante a semana, bem como a prática de exercício físico regularmente!

“DIETA” DEMASIADO RESTRITIVA

Não entre no esquema do “vai ou racha”, porque vai “rachar certamente”!!!

Dias consecutivos, cuja restrição alimentar é demasiado severa ao ponto de o fazer sentir fome durante todo o dia, para além de promover redução de massa magra (tudo o que não quer), irá repercutir-se em menor produtividade intelectual, laboral e menor rendimento desportivo.

Sem mencionar, que mais tarde ou mais cedo irá descompensar, terminando o serão agarrado a uma tablete de chocolate ou num fim de semana desgarrado repleto de belos banquetes!

Nestes casos, o mais comum é chegar ao final do dia com um apetite voraz, que o levará a consumir qualquer tipo de alimentos, sem ter se quer em atenção a quantidade ingerida!

Assim, reforça-se a necessidade de seguir o plano alimentar que foi prescrito para si, nem a mais, nem a menos, pura e simplesmente o que está prescrito.

QUANTIFICAR A “ÓLHOMETRO”

Se por um lado, pode restringir demasiado o que come, quer em quantidades, quer em tipos de alimentos, também pode cair na falácia de quantificar a olho as quantidades do que deve ingerir, quando essas mesmas quantidades se encontram detalhadamente descritas no plano alimentar.

Deve medir, deve pesar, nunca irá perceber o que são 40 g de pão ou 100 g de carne se não proceder à pesagem. Se assim não fizer, certamente que vai comer acima do que deve e obviamente, que a fazer o mesmo dias a fio o seu peso não vai sair do sitio.

SEGUIR PLANOS ALIMENTARES PRESCRITOS PARA OUTROS

Acrescenta-se ainda que, não deve seguir o plano alimentar que foi prescrito para o colega ou para o conjugue, e muito menos algo que, infelizmente, encontra muito facilmente na internet.

Não vai tomar a medicação receitada para o seu colega ou para o seu avô, pois não?!

Então qual o motivo que o leva a pensar que deve seguir o plano alimentar prescrito para outros?!

Cada indivíduo responde de forma única ao que lhe é proposto, dependendo da idade, do nível de atividade física, estado de saúde, todos estes e tantos outros parâmetros vão influenciar a resposta metabólica ao que está a ser implementado.

ESCOLHER TODOS OS PRODUTOS LIGHT

Nem tudo o que reluz é ouro!

Não escolha o alimento em função do que é dito na front page.

É cada vez mais frequente surgirem produtos alimentares com as mais diversas descrições que apelam aos que procuram seguir um estilo de vida saudável, como por exemplo”novas bolachas sem açúcar”, “manteiga sem gordura”, “batatas fritas com redução de 30% de gordura”, “gelatina sem gordura” ou “chocolate sem açúcar”, entre muitos outros.

E escusado será dizer que determinadas alegações ou reduções de gordura em determinados produtos alimentares são insignificantes perto do teor em gordura total que apresentam.

Nesses casos, tem mesmo que evitar o consumo desses alimentos!

Por isso, “vire sempre” o produto, e analise a lista de ingredientes e a declaração nutricional e escolha aquele que melhor se adequar ao que necessita, e em caso de dúvida consulte um nutricionista.

NÃO PRATICAR EXERCÍCIO FÍSICO REGULARMENTE

Mexa-se, faça caminhadas, aulas de grupo, vá correr ou andar de bicicleta, seja o que for que faça, faça-o com regularidade e consistência, se pretende obter resultados satisfatórios e duradouros no tempo!

Recomendo a leitura do artigo “8 Regras de Ouro que o vão auxiliar a emagrecer”!

Fonte da imagem: Diet


Achou interessante? Partilhe este artigo:


Ao continuar a visitar este website está a concordar com a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close