COMO ASSIM, A DIETA DO GRUPO SANGUÍNEO ⁉️💙

COMO ASSIM, A DIETA DO GRUPO SANGUÍNEO ⁉️💙

O grupo sanguíneo de cada individuo é determinado pelos antigénios existentes à superfície dos glóbulos vermelhos.

A dieta do tipo sanguíneo, proposta pelo autor de vários livros, P.J. D’Adamo, argumenta que:

  • Grupo O: grupo mais ancestral da espécie humana, e por isso deve ingerir mais proteína animal e hortícolas.
  • Grupo A: deve seguir uma dieta vegetariana, uma vez que, o desenvolvimento deste grupo sanguíneo ocorreu em regiões com menor disponibilidade de proteína animal.
  • Grupo B: devem ingerir lacticínios e hortofrutícolas, dado que foi nas tribos nómadas onde “surgiu” este grupo sanguíneo.

Na realidade, está descrito um impacto positivo destas orientações específicas em indivíduos de cada grupo sanguíneo, como a melhoria dos indicadores metabólicos.

Porém, tal ocorre com qualquer tipo de dieta descrita acima, não existindo associação a um grupo sanguíneo em específico.

Mas o que nos diz a evidência cientifica a respeito de uma possível associação entre patologias e grupo sanguíneo:

  • Mortalidade por doença cardiovascular: superior nos indivíduos com o tipo sanguíneo A, B e AB
  • Aumento de risco de alguns cancros (pâncreas e estômago): superior em indivíduos que não possuem o grupo sanguíneo O.

Mas qualquer abordagem, no que concerne a saúde requer sempre alguma, se não muita, ponderação e bom senso quanto à sua eventual implementação, e supostos “efeitos curandeiros ou preventivos”!

Em suma, para além de existirem mais dados que devem analisados para além do grupo sanguíneo, há igualmente aspetos que pode ter em conta e que vão de certo auxiliá-lo a manter ou melhorar o estado de saúde, tais como:

  • Manter um peso saudável.
  • Praticar exercício físico.
  • Eliminar hábitos tabágicos.
  • Ter uma alimentação saudável, equilibrada e completa, adaptada ao estilho de vida em particular.

Referência: Mitos que comemos. Pedro Carvalho. 2016

Fonte da imagem: dieta do grupo sanguíneo


Achou interessante? Partilhe este artigo:


Ao continuar a visitar este website está a concordar com a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close